A ESTAÇÃO NO 
                CLIMA DO OUVINT
E

    


Medicina alerta: Brasil tem 670 mil casos de infecção generalizada por ano

14 SET 2015
14 de Setembro de 2015

O Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro, recebeu uma ação de conscientização sobre a sepse, com distribuição de material à população e esclarecimento de dúvidas sobre a doença. Ontem 13 de setembro,  transcorreu o Dia Mundial da Sepse, que registra 670 mil casos no Brasil por ano, de acordo com dados do Instituto Latino Americano de Sepse. A sepse era conhecida, anos atrás, como septicemia ou infecção generalizada. 

O vice-presidente do Ilas, Luciano Azevedo, destacou a importância do diagnóstico precoce. Segundo Azevedo, o Brasil é um dos países com taxa mais alta de mortalidade por sepse no mundo, podendo chegar a 55%. Ele enumerou três fatores que fazem a mortalidade no Brasil ser alta: desconhecimento do público leigo, desconhecimento do profissional de saúde e a infraestrutura inadequada do sistema de saúde brasileiro, principalmente, do Sistema Único de Saúde (SUS).

Voltar