A ESTAÇÃO NO 
                CLIMA DO OUVINT
E

    


Jorge Luiz Zelada efetuou transferências para contas na China e em Mônaco

02 JUL 2015
02 de Julho de 2015

O ex-diretor da área Internacional da Petrobras Jorge Luiz Zelada foi preso na 15ª fase da Operação Lava Jato, nesta quinta-feira (2), para evitar a reiteração de crime e a interferência na colheita de provas sobre o esquema de corrupção, lavagem e desvio de dinheiro na Petrobras. Zelada será levado para Curitiba ainda nesta quinta.De acordo com a Polícia Federal e o Ministério Público Federal (MPF), após a deflagração da operação, Zelada efetuou transferências para contas bancárias no exterior. Entre julho e agosto de 2014, foram 7 milhões de euros provenientes de contas suíças, disse o MPF.


O saldo milionário em contas no exterior, incompatível com a renda de Zelada, segundo as autoridades policiais, é uma prova do envolvimento de Zelada no esquema de corrupção na estatal.

O ex-diretor da área internacional da Petrobras Jorge Zelada é preso pela PF nesta quinta no RJ. (Foto: Mauro Pimentel/Folhapress)

Voltar