A ESTAÇÃO NO 
                CLIMA DO OUVINT
E

    


Resumo do Carnaval em São Fidélis : Confira os destaques 

04 MAR 2019
04 de Março de 2019
A abertura do carnaval fidelense deste ano teve início na sexta-feira com o Bloco Bal Masqué Cesf (mesmo com as chuvas ocorridas horas antes do desfile do bloco), porém continuou fina, mas não impediu o bloco de entrar na Avenida Sete de Setembro para começar a festa. Vale ressaltar que o Bal Masqué Cesf trouxe para a avenida exatamente um carnaval que não se via mais na “Cidade Poema” que é o carnaval de marchinhas com seus foliões caracterizados mascarados e demais fantasias alegres desfilando com brilho pela ruas.
O Bloco fez um desfile alternativo que chamou a atenção pelo brilho, alegria e organização esta assinada pelos integrantes que são/foram alunos, em sua maioria alunos do CESF – sob direção da professora de artes – Sônia Sóta. O Bloco abriu com chave de ouro o carnaval de 2019 na cidade.
Já no sábado, seguindo a programação – a festa ficou por conta do desfile dos blocos: Águias de Ipuca, CaiXaceiros, Vai tomar no Cooler e Tô a Toa. Além dos blocos, houve a apresentação musical no palco oficial com o cantor fidelense Renanzinho cuja apresentação é, assim como os demais que irão se apresentar em conformidade com a programação oferecida pela prefeitura, um carnaval com mistura de ritmos agradando assim aos demais cujos hits vão de sertanejo, axé a pagode.
Dentre os destaques que chamaram a atenção nesse resumo da abertura estão a personagem criada há mais de quinze anos pelo bailarino Emanuel Macedo – cuja personagem já tradicional nos últimos 20 anos do carnaval em São Fidélis – com ‘Pepita Lilychann’, que foi contratada por uma empresa que presta serviços no ramo de internet na cidade para divulgação da marca e interatividade com o público durante os dias de folia.
Para fechar o resumo, destaca-se também o grupo unido dos mascarados que é outro personagem que quase não se vê mais nos carnavais na cidade como antigamente. E esse grupo se destaca todos os anos ao sair em grupo fazendo passos sincronizados e interagindo humoristicamente com o público.

Voltar